Busca

Buscar Negócios é o Nosso Negócio

Dicas e publicações da equipe Vendedor Digital

Categoria

vendas

vendedor digital

Como um vendedor digital pode vender para você ou a sua empresa.

Vendendo 24 horas por dia, 7 dias por semana. Vendendo enquanto você descansa, dorme, viaja ou trabalha em outras atividades.

  • Venda sem contratar mais vendedores.
  • Use como um novo negócio e venda para outras empresas.
  • Realize uma venda discreta e personalizada, mas de grande alcance.
  • Faça uma cópia virtual de você mesmo e faça ela vender para você.
  • Ensine o vendedor digital a vender exatamente como você venderia.

 

Post Destacado

Vendas (discretas) para Profissionais Liberais.

Médicos, arquitetos, engenheiros, advogados estão vendendo seus serviços com mais eficácia e discrição.

Algumas categorias profissionais restringem suas atuações em vendas porque não é ético sair por aí oferecendo seus serviços. No entanto, desejam muito expandir suas empresas e negócios.

Continuar lendo “Vendas (discretas) para Profissionais Liberais.”

O Neocomprador e o Vendedor Digital

Aí vai uma dica para vender diferente.

Você pode não saber ou gostar, mas o seu cliente vai pesquisar e comparar produtos na internet, verificar comentários positivos ou negativos nas redes sociais e verificar a atitude da empresa vendedora em sites como o reclameaqui. Ou seja, seu cliente agora é fiel apenas a si mesmo e poderá migrar para outras marcas em apenas alguns cliques no celular. Isso é especialmente verdade para as vendas de produtos ou serviços complexos.

Continuar lendo “O Neocomprador e o Vendedor Digital”

Para vender mais, com custos mais baixos, você pode contratar um “vendedor digital”.

 

Cada vez mais pessoas escolhem produtos e serviços on-line. Segundo relatório da agência de marketing social We Are Social, mais da metade da população brasileira já realizou uma compra pela internet. Seja por comodidade, por conta de preços mais atraentes ou pela praticidade do processo, fato é que os clientes estão migrando para as plataformas e canais digitais. Por isso, é preciso que as empresas se atualizem o quanto antes e comecem a enxergar a importância do cliente digital ou do cliente escolhendo seus fornecedores pelos meios digitais. De olho nessa demanda, surgiu o vendedor digital.

Continuar lendo “Para vender mais, com custos mais baixos, você pode contratar um “vendedor digital”.”

A empregabilidade do vendedor

Quem vende tem emprego garantido!

Sim, tem.

O problema começa quando as empresas acreditam que encontraram um novo vendedor que vai vender mais do que você. Até que descubram que isso pode não ser bem verdade, você vai passar algumas noites em claro, refazendo suas contas e atualizando seu currículo.

Continuar lendo “A empregabilidade do vendedor”

O novo cliente vai aparecer aí, no seu celular!

Crie um “estoque de clientes novos” para usar quando for preciso.

Isso é possível quando você começa a praticar marketing de conteúdo. As pessoas ou empresas que começarem a ler os conteúdos que você publicou, sobre seus produtos ou serviços, são leads em potenciais que você poderá converter em novos clientes.

Mas não se engane. Publique conteúdos relevantes. Não fale sobre você, mas sim o que você faz para eles ganharem. E deixe estes conteúdos organizados de uma forma que a conclusão final para o leitor seja: você é o cara que resolve o problema.

Imagine ter um estoque com milhares de clientes pensando assim sobre você. Isso é um WTG.

O Representante comercial, na sua versão digital.

Um só, vendendo em todo o Brasil ou captando clientes para todos os outros. Atuando com facilidade onde é caro ou difícil manter vendedores, reduzindo o custo com vendas.

Atraindo clientes 7 dias por semana, preparando-os antecipadamente para a conversão de venda. Vendendo serviços e produtos complexos, com domínio total das suas características e diferenciais.

Tudo minuciosamente planejado, executado e medido.

Econômico para empresas de grande porte. Excelente para empresas de médio porte. Insubstituível para as pequenas.

Quer conhecer?

Clique aqui para assistir um vídeo.

Clique aqui para ler sobre o curso.

Só curtidores é pouco. É preciso vender nas redes sociais.

vendas

Só curtidas já não são suficiente. Precisamos de conversão, precisamos de geração de vendas. Converso com algumas empresas que possuem mais de 50 mil seguidores, mas quando pergunto que tipo de ação vocês fazem junto a este grupo para converter vendas, a resposta mais comum é “não fazemos”.

Não se culpe. Poucos sabem como aproveitar este ativo para realizar negócios transformando os curtidores em compradores ativos.

Quando falo do WTG a reação é sempre uma surpresa: posso usar isso para vender nas redes sociais? Como vocês conseguem? Vocês me passam os telefones das pessoas interessadas em comprar e eu ligo para eles?

Claro que sim!

A nuvem e a chuva nas redes sociais.

chovendo

Redes sociais são a nuvem, o departamento de vendas é a terra e o WTG é a chuva.

Esta é uma forma simples, mas eficaz de definir o que faz o WTG: serviço que capta leads qualificados em redes sociais. Ele permite selecionar novos clientes que realmente estão interessados nos produtos ou serviços da sua empresa.

Assim, vendedores podem dispensar todo o processo de argumentação de vendas acessando clientes que já estão em estado de conversão.

Normalmente “nuvem” e “terra” não conversam nas empresas. Mas a chuva pode ligar os dois e gerar boa colheita.

A conversa definitiva.

hein

Muitas vendas dependem de uma conversa entre um cliente que não sabe comprar o produto e um vendedor que não sabe vende-lo.

Continuar lendo “A conversa definitiva.”

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑